segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Arquivo para download: O corpo no sistema de Heráclito, por Donaldo Schüler

Por que atribuir a Heráclito a autoria de um livro? Pitágoras contentou-se com a transmissão oral. Parmênides escreveu um poema de tonalidade épica. Ε Heráclito? Opôs-se ao saber dos vates. Combateu a incontinência verbal da epopeia homérica. Refletiu sobre Apolo e o estilo oracular dos sacerdotes de Delfos. Nada impede que tenha se contentado em elaborar cuidadosamente aforismos como os preservados nas citações. Ao cuidar da propriedade das palavras, do ritmo e dos sons, construiu com os aforismos um sistema que contempla campos variados como linguagem, poesia, ética, cosmologia, política, teoria do conhecimento, mito, rito... Cada um desses campos, especializados só a partir de Aristóteles, encontrava-se ainda em estado nascente. Originário, Heráclito apresenta-se como pensador vigoroso, fértil ainda agora. Reunimos uma série de aforismos sobre o corpo, matéria de muitas controvérsias na literatura grega. Pretendemos isolá-los como uma das áreas da ampla reflexão do filósofo de Éfeso. Heráclito observa o corpo no empenho de conhecer-se a si mesmo. Compreende-o no discurso (logos) que rege o universo, o concurso dos contrários.

Nenhum comentário: