domingo, 30 de dezembro de 2007

Arquivo para download: Filiação Intensiva e Aliança Demoníaca, por Eduardo V. de Castro

Este artigo sugere duas direções para o aprofundamento de um diálogo entre Deleuze e a antropologia. Na primeira parte, traça paralelos entre conceitos deleuzianos e temas analíticos influentes na antropologia de hoje; na segunda, examina uma incidência específica da antropologia social clássica — a teoria do parentesco — sobre a concepção deleuzo-guattariana da máquina territorial primitiva, ou semiótica pré-significante.

Eduardo Viveiros de Castro é professor no Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social do Museu Nacional/UFRJ e autor de "A inconstância da alma selvagem" (Cosacnaify,2002).

Download


Nenhum comentário: